segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Passaredo deixa de voar para o aeroporto Santos Dumont no Rio de Janeiro e transfere operações para o Galeão.

A partir do dia 1o de dezembro a Passaredo estará transferindo suas operações entre Ribeirão e Rio de Janeiro para o aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim. A mudança faz parte do plano de integração da malha da Passaredo com a Gol que oferece um leque de conexões bem vastos naquele aeroporto. 

Com a mudança ocorrerá uma redução nas operações que atualmente são 3 e que passarão para duas diárias. A redução indica a integração da malha Webjet e Gol e a integração da malha Gol/Passaredo já que a Webjet opera Ribeirão / Rio / Ribeirão praticamente no mesmo horário em que a Passaredo operava o vôo que foi suspenso. Com isto Ribeirão continua com 3 frequências diretas para a cidade do Rio de Janeiro, sendo duas pela Passaredo e uma pela Gol.  

Novos horários

2a a Sábado - Ribeirão / 06:15 / Rio de Janeiro 07:13
Domingo a 6a - Ribeirão /19:07 Rio de Janeiro 20:27

2a a Sábado - Rio de Janeiro / 07:54 / Ribeirão 09:08
Domingo a 6a - Rio de Janeiro 21:04 / Ribeirão 22:07

Mais informações:
www.voepassaredo.com.br

3 comentários:

  1. O reflexo da venda Web Jet já começa a aparecer. Um vôo a menos para o Rio, uma Cia a menos pra concorrência. Com isso até a Tam está com passagens mais baratas para o Rio.

    ResponderExcluir
  2. Na realidade a redução de um vôo em razão da mudança de aeroporto pela Passaredo foi bem racional. Do que adianta termos 2 vôos em horários praticamente iguais, Webjet e Passaredo? A única consequência seria vôo vazio em uma das empresas, o que resulta prejuízos e perdas. Infelizmente não podemos pensar só pelo lado do consumidor. Seria lindo se tivéssemos demanda para 5, 6 frequências diárias para o Rio, acredito que até exista se for compartilhado entre Galeão e Santos Dumont. Resta agora esperar uma concorrente enxergar o mercado que a Passaredo deixou no SDU, já que ela entregou para sua parceira Gol todos seus slots. Quem sabe um dia Trip, Azul e pq não Avianca operem esta rota que fez tanto sucesso na passaredo durante muitos anos. Só quem já desembarcou no Galeão sabe o trabalho que dá chegar até a Zona Sul do Rio, nisto a Passaredo matou seus passageiros fieis, muita gente vai preferir conexão em Campianas ou Congonhas do que encarar a distância até o Galeão. Já que o que se perde de tempo até chegar no aeroporto é quase a mesma coisa do que vc pegar um vôo com conexão.

    ResponderExcluir
  3. O problema não é a redução do voo, mas sim a saida do Santos Dumont, isso sim foi uma caca que eles fizeram

    ResponderExcluir