terça-feira, 12 de abril de 2011

Depois de 10 anos parado, jato russo ganha os céus de Ribeirão novamente. - REVISTA AERO-LATINA

Segue abaixo o post do parceiro Revista Aero-Latina.
http://revistaaerolatina.blogspot.com/2011/04/depois-de-10-anos-parado-jato-russo.html

Alguns devem conhecer a história do Yakovlev Yak-40 do Clube Náutico Agua Limpa, apreendido pela administração do aeroporto de Ribeirão Preto - SP e pela Polícia Federal por não ser homologada para voar no Brasil, quando transportava turistas do Clube Náutico Água Limpa e era operada pela Gonair Táxi Aéreo.



Detalhe do Painel do Yak-40
A história desta magnifica e exclusiva aeronave no Brasil, esta chegando ao fim, os verdadeiros proprietários vão ter a aeronave de novo em suas mãos, depois de ter ganhado o processo contra um órgão Federal.



Um engenheiro esteve verificando a aeronave e falou que a aeronave esta com pequenas corrosões, mais que toda a sua motorização é nova e só precisa de alguns reparos, falou também que em poucas semanas colocara a aeronave “considerada o menor jato tri-reator do mundo”, em condições de voo.


Depois de ficar mais de 10 anos parada sofrendo com as diversas condições meteorológicas no aeroporto Leite Lopes, a aeronave finalmente ira sair de Ribeirão e seguira inicialmente até a Fabrica da EMBRAER para ser totalmente reformada, dois engenheiros Russos vão vir ao pais para supervisionar toda a reforma da aeronave, não sabemos se o Yak-40 ira seguir para São José dos Campos ou para Gavião Peixoto.


A aeronave chegou até a ser doada ao Museu da TAM, mais o museu não veio busca-a.

No ano de 2008 a aeronave foi utilizada na maior simulação de acidente aéreo no aeroporto de Ribeirão, a operação mobilizou funcionários e alunos de medicinas de faculdades e colégios de Ribeirão e São Carlos.



A Revista Aero Latina esta de olho na aeronave, esperando começar a reforma e até o tão esperado voo.

Nota do Redator: Esperamos que esse final seja feliz, que ela continue voando nos céus do Brasil! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário